Personalidades

Prince

giphy2 Em 2016 o mundo ficou em choque com a notícia da morte repentina e precoce do Príncipe do Funk, Prince. Com um legado de 38 anos recheado de hits, prêmios e polêmicas, o público também ganhou um senso de moda bastante novo quando Prince surgiu. “Eu visto o que eu quero porque eu nem gosto tanto de roupas.” ele disse no início da sua popularidade mundial. Príncipe brincou com o andrógeno. Através de trajes e obras de arte, ele criou um ícone da moda. Ele lidava com a música como um pintor com suas telas.

 Desde a capa do seu segundo álbum (em que ele está nu em cima de um Pégaso) até HITnRUN Phase Two (em sua fase hippie/psicodélico), Prince seguiu moda ao mesmo tempo criando novas possibilidades. Isso também acompanhava suas músicas, o que seus álbuns queriam passar, seu estilo era baseado em sua mensagem artística. Era como se ele se inspirasse pela sua própria arte.

Em 1984, Prince contou com a ajuda de dois Designers para colaborar com seus looks no filme Purple Rain: Louis Wells and Marie France.

BB12a-fea-prince-costumes-7
“Eu escolhi este tecido porque era atraente”, diz Wells. “E uma trincheira porque ele amava o drama e se encaixava. Você nunca sabia o que ele revelaria quando ele explodisse.”

A ideia era de misturar todas as influências de Prince em um personagem. Ele era fã de James Brown e Jimi Hendrix, gostava de roxo por ser ligada à realeza, gostava de drama e detalhes góticos e preferia usar salto (ele tinha 1,60cm). Ele também preferia que sua banda, Revolution, estivesse alinhada a ele.

Prince trouxe uma nova conversa sobre gênero à moda. Ele usava saltos altos e luvas de renda, fazendo o mundo pensar sobre como um homem ou uma mulher deveria se vestir, empurrando os limites do gosto e da aceitabilidade. Como o cantor Frank Ocean destacou em sua homenagem: “Ele me fez sentir confortável com a forma como eu me identifico sexualmente simplesmente por sua exibição de liberdade e irreverência para a idéia arcaica de conformidade de gênero.” Prince inflamou a conversa sobre gênero que ainda estamos tendo hoje.

Ele se entediava de si mesmo antes que qualquer outra pessoa tivesse a chance de fazê-lo. Ele se tornou o maior metamorfo do Pop. A desnudez de Prince na capa de seu décimo álbum de estúdio Lovesexy (1988), filmado pelo fotógrafo de moda Jean-Baptiste Mondino, fez uma afirmação ousada recebida positivamente por ativistas de direitos gays enfrentando enorme discriminação após a AIDS.

Aos 57 anos, Prince não mostrou sinais de que pretendia diminuir sua imagem. Suas imagens finais retratam um enorme afro, delineador bem marcado e túnicas multicoloridas.

980x
“Ninguém casou música e moda como Prince fez.” – Donatella Versace

Caso você não tenha muita familiaridade com o artista (FALA SÉRIO) e precisa de mais detalhes para entender o motivo que me levou a fazer essa postagem, vou deixar abaixo alguns looks de diversas fases do Prince para que possa ficar mais claro o que citei no post.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Um espírito forte transcende regras.” – Prince

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s