Diário · dicas

Portfólio de Moda

Quase um ano depois (ou mais, não verifiquei a data da última postagem) estou de volta para ajudar perdidos estudantes (assim como eu) a começarem, pelo menos, um portfólio de moda porque é HELL importante. Eu demorei MUITO tempo, mas depois de muita pesquisa achei uma forma eficiente de iniciar um portfólio pelas minhas próprias mãos. Eu vou explicar neste post como eu comecei o meu e é claro que ele será alterado daqui um tempo, mas acho que é um bom início para qualquer iniciante.

A ferramenta de hospedagem que eu escolhi foi o Behance, da Adobe, porque eu já tinha uma conta Adobe e existem diversos tutoriais sobre ele no YouTube. É um mecanismo simples e é bem popular também.

Depois de escolher a ferramenta, eu comecei a postar só imagens, fotos, dos meus trabalhos, mas eu sentia que não estava bom o suficiente e depois de muita pesquisa achei alguns tutoriais produtivos que me ajudaram a chegar no resultado final (que aparecerá no final do post). Três canais me ajudara: Bruno Marques e Amarelo Criativo. Ambos explicam muito bem o que o público precisa ver e como o designer pode apresentar seu trabalho. Linguagem direta e simples. O Bruno ajuda muito quando você precisa de tutoriais de fato, o passo a passo, e o Amarelo Criativo auxilia com o gerenciamento do seu projeto, a organizar as ideias.

Eu uso o Photoshop, para absolutamente tudo, então criei uma apresentação para cada trabalho que exerço ou já exerci. Muitos falam sobre você focar em uma área, mas como todos os trabalhos que tenho são da faculdade ou de freelas que surgiram, preparei um resumo para cada. O primeiro que fiz foi do meu trabalho na fanzine Selena Brasil, vejam abaixo:

Informações sobre resolução ideal e formas de postar estão todas no canal do Bruno. Ele ensina duas formas diferentes de postar no Behance.

É lógico que é um resumo bem resumido do que fiz na revista, mas além de disponibilizar o link na arte, eu também disponibilizei o link na postagem lá no Behance. Lembre-se de sempre facilitar a vida dos recrutadores e clientes.

Não tem jeito, precisa disponibilizar um tempo com carinho para trabalhar em cima do portfólio ou você não terá um resultado satisfatório. E lembre-se, seja qual for a plataforma que for usar, preencha o máximo de informações que puder no seu perfil: nome, cidade, links de site ou trabalhos, foto e etc. Sempre que possível, descreva o projeto e tente demonstrar o seu desenvolvimento criativo nele.

Eu acho que nem preciso esclarecer aqui a importância de um portfólio, né? Se você é estudante, profissional da área, sabe que só um portfólio pode falar por você antes da entrevista, seja em uma empresa ou com um cliente. Eu pausei meu TCC pra isso porque simplesmente é necessário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s