Moda · Notícias · Personalidades

5 supermodelos brasileiras

Gisele Bundchen começou a trabalhar como modelo aos 14 anos e como ocorre com todas que querem essa carreira, precisou se afastar fisicamente da família para morar no exterior. Em 2000 foi eleita a modelo mais bonita do mundo pela revista Rolling Stone e em 2013 a revista Época a incluiu na lista de 100 personalidades brasileiras influentes. Em toda a história publicitária, ela é a terceira mulher com mais capas de revistas, são mais de 500. De 2004 a 2016 ela foi a modelo mais bem paga do mundo.

Mas como Gisele conseguiu tudo isso? Além do talento, comentado por todos que trabalham com a modelo, ela também foca muito em marketing pessoal e conta com um excelente time de gerenciamento de carreira. Enquanto suas irmãs fazem o trabalho burocrático, Gisele se empenha em divulgar seu estilo de vida, apoiar estilistas brasileiros, projetos sociais e ambientais.

Betty Lago é muito conhecida no Brasil pelo seu trabalho como atriz, mas ela na verdade começou como modelo e foi uma das preferidas entre estilistas como Thierry Mugler, Azzedine Alaia, Claude Montana, Valentino e Jean Paul Gaultier. Só em 1992, depois de 15 anos de carreira como modelo na França, Itália e Estados Unidos é que ela decidiu voltar para o Brasil para mudar o rumo da carreira. A revista ELA, em matéria sobre a modelo para a edição de Abril de 1985, citou que Betty era a queridinha das passarelas por conta do seu olhar fatal, estilo e sensualidade enigmática. Além disso, é senso comum de que era sempre muito bem humorada e flexível, fácil de lidar. Era conhecida como “o rosto dos anos 80”. Valentino declarou em 2015, após a morte de Betty, que a plateia fazia silêncio quando ela desfilava.

Betty ajudou outras modelos brasileiras da época a entrarem no ramo, como sua amiga Monique Evans.

Shirley Mallmann ficou muito conhecida após ser a garota propaganda para Jean Paul Gaultier e seu perfume “Classique”, que segundo o própria, teve seu frasco inspirado na silhueta da Shirley. O canal E! elegeu Mallmann como a celebridade do ano de 1999. Shirley trabalhava em uma fábrica de sapatos em Lajeado (RS) e morava em Santa Clara do Sul (RS) quando foi descoberta por uma scouter. Em 1997 a Forbes estimou que Shirley recebia cerca de 7 mil dólares por hora de trabalho. Foi a primeira modelo brasileira a estrelar o Calendário Pirelli em 1999 pelo fotógrafo Herb Ritts. Ela já citou que se pudesse voltar no tempo, reviveria todos os seus desfiles para o Alexander McQueen, mas muitos também lembram de quando ela participou do icônico desfile da Dior em 1998, comandado pelo John Galliano, que usou as escadarias da Opera Garnier, em Paris, como palco.

Em 2002 ela deu uma pausa na carreira para se dedicar ao filho, Axil. Voltou em 2003, mas focando mais em trabalhos comerciais e continua trabalhando até hoje.

Lais Ribeiro começou a trabalhar como modelo em 2009, aos 19 anos, em Teresina (PI). Em 2010 entrou para o time da Victoria’s Secret Fashion Show e desde 2015 é oficialmente uma Angel da marca Victoria’s Secretl. Em sua primeira temporada, 2011, foi recordista de desfiles. Foram 27 desfiles no São Paulo Fashion Week e 26 no Fashion Rio. Atualmente, Lais tem um programa no canal E! que se chama Born To Fashion, um reality de moda para modelos trans.

Lais tem um filho de 12 anos e está noiva de Joakim Noah, um jogador da liga NBA. Ela mora em Nova Iorque, mas por conta da pandemia se mudou “temporariamente” para Los Angeles para ficar perto de Joakim.

Claudia Liz foi modelo entre o final dos anos 80 e metade dos anos 90. Seus 1,80cm somados com uma beleza clássica e uma sensualidade natural faziam com que sua agenda de trabalhos fosse lotada. Participava de desfiles e campanhas para Chanel, Ferré, Comme des Garcons, Yohji Yamamoto, entre outros. Ainda na metade dos anos 90, virou VJ da MTV Brasil com o programa MTV a GO GO e então começou a atuar em filmes e novelas.

Posou para a Playboy Brasil em Agosto 1991, na edição de aniversário da revista.

Hoje Claudia é ilustradora da Folha de São Paulo, Frasson Gallery Magazine, Dossier Arts And Fashion e Lillian Pacce e também é sócia, desde 2006, da agência de comunicação visual Miss Lily Comunicação.

Fontes: Week Shoes, Gisele Daily, Purepeople, Vogue, Estadão, Harper’s Bazaar Brasil, Steal The Look, Amaury Jr., Folha de SP, Wikipédia, Instagram

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s